logomarca governo de santa catarina

Notícias

Leia mais:UPA de Barra Velha é inaugurada e começa a receber presos de delegacia de políciaO governador Leonel Pavan, acompanhado dos secretários de Segurança Pública (André Luis Mendes da Silveira) e Justiça e Cidadania (Justiniano Pedroso), inaugurou na manhã de hoje (03/05) a Unidade Prisional Avançada (UPA) de Barra Velha. O governo do Estado investiu R$ 2.458.742,63, recursos do Fundo de Melhorias da Segurança pública. A UPA está localizada próximo da rua Paraná, no km 84 da BR-101 (perto do viaduto do Posto Maiochi). A infraestrutura da UPA é composta de celas pré-moldadas, com capacidade para oito detentos cada. Toda a construção conta com parte elétrica e hidrossanitária e as celas são produzidas pelo sistema de concreto reforçado com fibra de vidro, além de dois ambientes para banho de sol dos apenados. A UPA de Barra Velha tem capacidade para abrigar 76 internos. O sistema de acesso às galerias é o mesmo utilizado na Penitenciária Sul, onde o agente penitenciário não tem contato com os presos. Toda a movimentação é feita por passarelas. A (UPA) foi construída numa área de 773 m². Em seu discurso, o secretário lembrou da necessidade de se investir em unidades prisionais pequenas e que se localizem próximas aos familiares dos presos. Ele acredita que, até o final desta semana, os 35 presos que estão nas carceragens da DP de Barra Velha sejam transferidos para a nova unidade prisional. Disse, ainda, que até junho mais 404 vagas serão ativadas. “Além de Barra Velha iremos entregar, em breve, as novas unidades de Itapema e São Francisco do Sul, além da ampliação do presídio regional de Joinville. Juntos, elas somam mais de 400 vagas. Talvez não sejam suficientes para resolver o problema da superlotação, mas irá amenizar a situação”, explicou. Já o secretário Justiniano Pedroso destacou os investimentos feitos de 2003 até hoje no sistema prisional. Lembrou, por exemplo, que o número de vagas nas prisões subiu de 4 mil, em 2003, para 7,5 mil vagas em 2009. E a previsão é de que até o final de 2010 sejam 9 mil vagas no sistema prisional. Falou também sobre o aumento de efetivo na carreira de agentes penitenciários, que triplicou em sete anos de governo “Eram 600 em 2003, e hoje, com a nova turma que se forma em 21 de maio, Santa Catarina conta com o efetivo de 1,8 mil agentes penitenciários.”

Leia mais:Luiz Henrique inaugura cadeia pública e centro educacional em CanoinhasA Segurança Pública de Canoinhas foi reforçada, nesta segunda-feira (1°/3), com a inauguração da Unidade Prisional Avançada (UPA) e a entrega de quatro viaturas para o sistema prisional. "Desde 2003, o Governo do Estado ampliou de 4,1 mil para 9 mil vagas no sistema e cerca de 700 deverão ser abertas até o final deste ano", informou o governador Luiz Henrique. Acompanharam o governador no ato os secretários Ronaldo Benedet (Segurança Pública e Defesa do Cidadão) e Justiniano Pedroso (Justiça e Cidadania) e Edmilson Verka (SDR Canoinhas). (Foto: James Tavares/Secom) Na Unidade Prisional Avançada, com 727 metros quadrados de área construída, o Poder Executivo aplicou R$ 1,7 milhão, sendo o terreno doado pela Prefeitura. Ela dispõe de 72 vagas, que reduziram o fluxo de veículos da Polícia Civil no transporte de presos entre Canoinhas e Mafra, para onde eram levados os presos da comarca. “Eram percorridos mais de 160 quilômetros, três vezes por semana, pelos nossos veículos na condução de presos para audiência no Fórum de Canoinhas. Agora, além da economia de combustível, teremos mais veículos e pessoal à disposição da área de investigação”, afirmou o diretor-geral da Polícia Civil, Maurício Eskudlark. A comarca ainda ganhará uma Delegacia da Mulher neste mês, um delegado e três agentes penitenciários, antecipou o delegado-geral. Desde 2003, o Governo do Estado contratou mais 2.600 policiais militares, 1.400 policiais civis, 145 peritos, 600 bombeiros militares e 1.400 agentes penitenciários. Ainda em Canoinhas, Luiz Henrique e o secretário Edmilson Verka inauguraram o Centro de Educação Vidal Ramos, que recebeu R$ 1,5 milhão em investimentos. Entre eles, uma quadra coberta de 900 metros quadrados, sala de aula, laboratório de ordenha e sala de recebimento de ovos. Também participaram da solenidade o deputado estadual Antônio Aguiar e prefeitos da região. Secretaria de Estado de Comunicação

O governador Luiz Henrique e o o vice Leonel Pavan estiveram no aeroporto de Chapecó, no final da tarde de segunda-feira (22), para entregar duas ordens de serviço. Uma delas diz respeito à construção de um novo presídio regional e a outra ao início da obra de asfaltamento do acesso que liga Chapecó à ponte do Rio Irani/Paial. Também participaram do ato o secretário regional Luciano Buligon, o vice-prefeito de Chapecó, José Claudio Caramori; o prefeito de Paial, Aldair Rigo; entre outras autoridades. De acordo com o governador, estas são duas obras muito significativas, pois Paial é o último acesso a ser pavimentado no Estado e a construção do presídio atende uma antiga reivindicação da população do Bairro Santa Maria, que há muito tempo pede a mudança de local. “A descentralização é uma gestão competente na arrecadação de recursos e a contenção de gastos que possibilitou que o governo realizasse todas essas obras”, ressaltou Luiz Henrique. O presídio de Chapecó terá seis mil metros quadrados de área construída, com capacidade para 352 detentos. Localizada ao lado da penitenciária agrícola, a obra terá o custo de R$ 8 milhões. Já o trecho a ser asfaltada é de 9,8 km e terá custo R$ 8,5 milhões. A empresa que venceu a licitação foi a Planaterra, que construiu o trecho que liga a ponte à Paial. A obra estará pronta até o final de 2010. "A conclusão do último acesso garante melhores condições para o desenvolvimento da região. Localidades como a Sede Trentin e Toldo Ximbangue, regiões antes deprimidas pela falta de desenvolvimento, terão melhores condições de acesso e serão mais valorizadas”, concluiu Buligon. Secretaria de Estado de Des Reg Chapecó

Departamento de Administração Prisional

Rua Fúlvio Aducci, 1214, 6ª andar, Estreito,

Florianópolis - SC - CEP 88.075-000.

Telefone: (48) 3665 7310  - Horário de atendimento das 12:00 às 19:00 horas.

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com