Notícias

Leia mais:PAS lança Cartilha de Prevenção ao Suicídio

No Brasil, a cada 45 minutos uma pessoa comete suicídio e esta é a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. Os números jamais vão dar a dimensão da perda de uma vida, mas servem para nos ajudar a compreender o quanto é necessário jogar luz sobre um tema recorrente e que ainda carrega muito preconceito e desinformação: a saúde mental. Para auxiliar os servidores, o Programa de Apoio ao Servidor (PAS), da Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa elaborou a Cartilha de Prevenção ao Suicídio, documento digital disponível aqui.
“A cartilha é uma ferramenta de alerta e orientação para que as pessoas consigam entender o que está acontecendo eventualmente consigo mesmo, com seu colega, amigo ou familiar e buscar ajuda”, observa a psicóloga Mariana Dal Castel Lopes, que junto com a Assistente Social Carina Maria Goulart de Souza e com a Policial Penal Vanessa Aparecida Rabelo, formam a equipe do Programa de Apoio ao Servidor (PAS).
A psicóloga Mariana disse que a pandemia impactou fortemente toda a população e especialmente os servidores dos sistemas prisional e socioeducativo. “Identificar os sintomas é fundamental tanto para quem está emocionalmente impactado, quanto para quem convive com a pessoa e neste sentido as informações da cartilha são muito importantes”, destacou Mariana.
A profissional do PAS reforçou que a depressão tem tratamento e prevenção e que é essencial falar sobre o assunto e quebrar preconceitos. “É importante estamos alertas sobre os sinais que as pessoas que pensam em suicídio apresentam de forma recorrente”, comentou. Mariana assinalou ainda que é preciso empatia. “Comece encontrando um local adequado e tranquilo para conversar com quem você está preocupado. Ofereça ajuda”.

Leia mais:SAP abre processo seletivo para Florianópolis e Lages

A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa está com inscrições abertas até dia 17 de junho para o Processo Seletivo Simplificado de contratação de pessoal, por tempo determinado, para atuar na Sede da SAP e no Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico (HCTP), em Florianópolis, e no Presídio Masculino de Lages. O Processo Seletivo tem como base o art. 2º da Lei Complementar nº 260 de 22 de janeiro de 2004, regulamentada pelo Decreto nº 1.545 de 16 de março de 2004.

Leia mais:SAP abre processo seletivo para Florianópolis e Lages
Para sede da SAP há vagas para Técnico em Atividades Administrativas, Analista de Informática - Analista em Gestão de Projetos, Analista em Desenvolvimento de Software, Analista em Ciência de Dados. Para o HCTP há vagas para Assistente Social, Dentista, Enfermeiro, Farmacêutico, Professor de Educação Física, Psicólogo, Terapeuta Ocupacional, Técnico em Atividades Administrativas, Técnico em Enfermagem, Médico especialista em Psiquiatria. Para o Presídio Masculino de Lages as vagas são para Assistente Social, Dentistas, Farmacêutico, Psicólogo, Técnico em Saúde bucal, Técnico em Enfermagem, Técnico Administrativo, Médico Clínico Geral e Médico especialista em Psiquiatria.
Para informações consulte o link do edital.

Leia mais:UPA de São Miguel do Oeste tem novo gestor

O Departamento de Administração Prisional (Deap) informa que o Policial Penal Rodrigo Previatti é o novo gestor da UPA de São Miguel do Oeste e o Policial Penal, Gilvani Gutz Pagliari, é o chefe de segurança. A SAP agradece aos policias penais André Paulo Barea de Oliveira e Márcio Adriano Françozi pelos relevantes serviços prestados à frente da unidade ao mesmo tempo que deseja sucesso aos novos gestores.

Sub-categorias

Departamento de Administração Prisional

Rua Fúlvio Aducci, 1214, 6ª andar, Estreito,

Florianópolis - SC - CEP 88.075-000.

Telefone: (48) 3665 7310  - Horário de atendimento das 12:00 às 19:00 horas.

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com