Notícias

Leia mais:Secretária adjunta da Fazenda visita exposição de produtos fabricados por mulheres privadas de...

A Secretária Adjunta da Fazenda, Michele Roncálio, esteve na SAP em reunião com o titular da SAP, Leandro Lima. Após conhecer a mostra de produtos fabricados em unidades prisionais femininas – confeitaria, indústria têxtil e artesanato – Michele Rocálio conheceu os detalhes do projeto SAP Têxtil, iniciativa arrojada da secretaria que vai promover a abertura de 1,5 mil vagas de trabalho para internos do sistema prisional.

Leia mais:nullJustiça autoriza projeto inovador de estímulo à leitura e à escrita para mulheres no cárcere

As detentas do Presídio Feminino de Florianópolis terão um grande estímulo para investir no hábito da leitura e da escrita. A Justiça catarinense aprovou o projeto "Caixa Postal: Ateliê de Leitura e Escrita", apresentado pelo próprio presídio, que permitirá às mulheres a remição da pena. A decisão que autorizou a iniciativa é da juíza Paula Botke e Silva, da Vara de Execuções Penais da Comarca da Capital.

O projeto consiste na troca de cartas entre as mulheres detidas e as idealizadas da ação, por meio de uma ‘caixa postal’, que levará livros para o ambiente institucional. Estas obras serão lidas e devolvidas, juntamente com a produção escrita das mulheres, com a interpretação da história, acrescida dos sentimentos e ideias que a leitura lhes proporcionou. Ou seja, é uma expansão do projeto "remição pela leitura", no qual os apenados elaboram resenhas de obras, mas sem expressar opiniões ou sensações.  

O instituto da remição permite reduzir o tempo de pena e proporciona qualificação pessoal e profissional. Na sentença, a magistrada lembrou que “a leitura traz conhecimento, diminui a ociosidade, contribui para a readaptação do preso ao convívio, além de reduzir a reincidência criminal” A juíza determinou que as cartas devolvidas pela apenadas não poderão ser lacradas e deverão passar pelo crivo da Administração Prisional, a fim de se averiguar eventual uso inadequado da via de comunicação.  As proponentes do projeto Caixa Postal são Rosi Isabel Bergamaschi Chraim,  Dilma Beatriz Rocha Juliano, Yara Maria Moreira de Faria Hornke e Márcia Cattoi Schmidt.

Leia mais:Internas do Presídio Feminino de Itajaí plantam Rosas de Anita na unidade

As internas do Presídio Feminino de Itajaí tiveram uma atividade de integração cultural diferente nesta segunda-feira (30). No mês em que se comemora o Bicentenário de Nascimento de Anita Garibaldi, as apenadas participaram do plantio de duas mudas das Rosas de Anita, no espaço multiuso da unidade feminina do CPVI. A flor é uma espécie híbrida desenvolvida por pesquisadores italianos para marcar o Bicentenário de Nascimento da Heroína dos Dois Mundos. As mudas foram doadas pela Unisul, instituição que está fazendo a clonagem da planta a fim de popularizar a espécie em Santa Catarina.
Representando a Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), a Gerente da Regional do Vale do Itajaí, Policial Penal, Marta Regina Ambrósio, contou que o ato integra a agenda de ações culturais da unidade, que deverá ser intensificada nos próximos meses. “Trabalhamos a biografia de Anita e os aspectos históricos contribuem para a formação educacional das internas”, comentou a Policial Penal Marta. No espaço multiuso recebeu também um grafite de Anita como parte do programa de revitalização da área.
No evento, a Gerente de Campus Itajaí, Franciele Pereira Zazycki, falou sobre a importância da parceria e da iniciativa da universidade em participar o projeto internacional “Dois Mundos e uma Rosa para Anita”. "Anita Garibaldi foi exemplo de coragem e persistência na busca de um sonho. A universidade é o espaço de liberdade que impulsiona o protagonismo das pessoas, então faz todo sentido estarmos juntos empoderando estas mulheres nesta fase de recomeço de suas vidas", disse Franciele. A Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) está clonando as rosas do jardim da residência de sua família na Itália.
Entusiasta do projeto, a Juíza da Vara de Execuções Penais da Comarca de Itajaí, Dra. Claudia Ribas Marinho, acompanhou a cerimônia. Também participaram do evento representantes da Gerência de Educação do Deap, Comissão de Assuntos Prisionais da OAB Itajaí, Conselho da Comunidade, entre outros.

Sobre Anita
Anita Garibaldi foi uma revolucionária nascida no município de Laguna (SC) e conhecida por participar de batalhas no Brasil, como a Guerra dos Farrapos ou Revolução Farroupilha, no Rio Grande do Sul, e na Itália. Recebeu, por isso, o título de “Heroína dos dois mundos”.

Sub-categorias

Departamento de Administração Prisional

Rua Fúlvio Aducci, 1214, 6ª andar, Estreito,

Florianópolis - SC - CEP 88.075-000.

Telefone: (48) 3665 7310  - Horário de atendimento das 12:00 às 19:00 horas.

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com