1

No Brasil, a cada 45 minutos uma pessoa comete suicídio e esta é a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. Os números jamais vão dar a dimensão da perda de uma vida, mas servem para nos ajudar a compreender o quanto é necessário jogar luz sobre um tema recorrente e que ainda carrega muito preconceito e desinformação: a saúde mental. Para auxiliar os servidores, o Programa de Apoio ao Servidor (PAS), da Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa elaborou a Cartilha de Prevenção ao Suicídio, documento digital disponível aqui.
“A cartilha é uma ferramenta de alerta e orientação para que as pessoas consigam entender o que está acontecendo eventualmente consigo mesmo, com seu colega, amigo ou familiar e buscar ajuda”, observa a psicóloga Mariana Dal Castel Lopes, que junto com a Assistente Social Carina Maria Goulart de Souza e com a Policial Penal Vanessa Aparecida Rabelo, formam a equipe do Programa de Apoio ao Servidor (PAS).
A psicóloga Mariana disse que a pandemia impactou fortemente toda a população e especialmente os servidores dos sistemas prisional e socioeducativo. “Identificar os sintomas é fundamental tanto para quem está emocionalmente impactado, quanto para quem convive com a pessoa e neste sentido as informações da cartilha são muito importantes”, destacou Mariana.
A profissional do PAS reforçou que a depressão tem tratamento e prevenção e que é essencial falar sobre o assunto e quebrar preconceitos. “É importante estamos alertas sobre os sinais que as pessoas que pensam em suicídio apresentam de forma recorrente”, comentou. Mariana assinalou ainda que é preciso empatia. “Comece encontrando um local adequado e tranquilo para conversar com quem você está preocupado. Ofereça ajuda”.

Departamento de Administração Prisional

Rua Fúlvio Aducci, 1214, 6ª andar, Estreito,

Florianópolis - SC - CEP 88.075-000.

Telefone: (48) 3665 7310  - Horário de atendimento das 12:00 às 19:00 horas.

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com